Texto normalContraste normalAumentar contrasteAumentar textoDiminuir texto Ir para o conteúdo

06/02/18 | Assessoria de Imprensa - SAP   Fotos: Divulgação/SAP

Bombons recheados com cocaína são flagrados por agentes penitenciários - apreensões em todo o estado - 03 e 04/02


A Secretaria da Administração Penitenciária informa o balanço das apreensões em presídios no último fim de semana. Na Penitenciária de Assis, durante procedimento de revista aos pertences de companheira de preso da unidade, agente penitenciário encontrou bombons de chocolate, recheados com cocaína - aproximadamente 30,08 gramas. A Polícia Militar foi acionada e a visitante encaminhada ao Plantão Policial para as devidas providências.

Em todas as ocorrências, destaca-se o trabalho dos agentes que impediram a entrada de ilícitos nas unidades. Nos casos dos visitantes, todos foram levados para Distritos Policiais visando registro de Boletim de Ocorrência, além de serem suspensos do rol de visitas, sem prejuízos de eventual processo criminal. Os presos que receberiam os ilícitos foram isolados e respondem a Procedimento Apuratório Disciplinar.

Franco da Rocha

No último sábado, 3, agentes de vigilância da Penitenciária I "Mário Moura Albuquerque" de Franco da Rocha flagraram indivíduos arremessando, próximo à estação de tratamento de esgoto da unidade, uma sacola. Os agentes foram no encalço dos criminosos, mas eles se evadiram em seguida em um veículo de cor preta.

No local, os funcionários encontraram dois carregadores, um fone de ouvido e uma porção de cocaína. Os ilícitos foram encaminhados à Delegacia de Polícia local elaboração de Boletim de Ocorrência, sendo instaurado Apuração Preliminar para averiguação dos fatos.

Já no domingo, 4, companheira de preso da Penitenciária III "José Aparecido Ribeiro" de Franco da Rocha, foi surpreendida tentando entrar com cocaína e maconha escondidas na costura de uma sacola.

Osasco

Ao passar por revista por meio do scanner corporal, companheira de detento do Centro de Detenção Provisória (CDP) II "ASP Vanda Rita Brito do Rego" de Osasco foi flagrada com maconha e cocaína escondidos na roupa íntima – um top. O fato ocorreu no sábado, 3. A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial (DP) de Osasco.

Guarulhos

Foram duas ocorrências no domingo, 4, em presídios de Guarulhos. No CDP I "ASP Giovani Martins Rodrigues" de Guarulhos, companheira de um dos presos da unidade foi surpreendida tentando entrar portanto um invólucro contendo maconha escondido na alimentação. Já na Penitenciária "José Parada Neto" de Guarulhos, a mãe de um dos reeducandos da unidade foi surpreendida portando um invólucro contendo maconha, envolvida em uma meia, alegando ser absorvente na genitália. A duas ocorrências foram registradas no 4º DP de Guarulhos.

Santo André

No domingo, 4, companheira de preso do CDP de Santo André foi surpreendida tentando entrar na unidade com um invólucro contendo cocaína e maconha invólucro introduzido em sua genitália. A ocorrência foi registrada no 4° Distrito Policial de Santo André.

São Bernardo

A agente do CDP "Dr. Calixto Antonio" de São Bernardo do Campo que operava o body scanner da unidade percebeu que a mãe de um dos detentos da unidade portava algo estranho junto aos genitais. Questionada, ela confessou que portava alguns invólucros costurados na calcinha, retirando-os em local reservado em seguida.

Hortolândia

No último domingo (4), agentes encontram um aparelho celular com chip, dentro da sacola de uma visitante, na Penitenciária “Odete Leite de Campos Critter”, P2 de Hortolândia. A mulher pretendia visitar o seu companheiro. Ela foi conduzida até a delegacia, onde foram tomadas as providências cabíveis. Na unidade foi instaurado procedimento disciplinar para apurar a participação do preso, que foi isolado preventivamente. A SAP suspende temporariamente do rol de visitas, pessoas flagradas tentando entrar na unidade com materiais proibidos.

Americana

No último sábado (3) às 9h30, uma mulher foi surpreendida, durante procedimento de revista, no Centro de Detenção Provisória de Americana. Segundo informações da unidade prisional, D. da C. S., de 23 anos, pretendia visitar o seu companheiro, quando agentes encontraram na vasilha de achocolatado, e também em um tubo de creme dental, cerca de 60 gramas de maconha. A visitante foi conduzida ao plantão policial e o preso foi isolado preventivamente, para apuração dos fatos. A SAP suspende temporariamente do rol de visitas, pessoas que tentam entrar nas unidades prisionais com materiais proibidos.

Taubaté

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Taubaté, por volta das 9h, uma mulher de 39 anos tentou entrar na unidade com droga escondida na roupa. Ao passar pela revista do scanner corporal, foi identificado um volume estranho na região pélvica da mulher, que disse se tratar de um absorvente. No entanto, após revista de uma agente penitenciária ficou constatado que a suspeita havia ocultado cerca de 50 gramas de maconha no forro da peça íntima.

Potim

Na Penitenciária 1 de Potim, às 8h30min, uma mulher de 30 anos foi flagrada tentando entrar na unidade com droga escondida em vasilhas de alimentos. Ela havia camuflado 10 invólucros de maconha e 8 invólucros de cocaína em meio à macarronada e à carne, que levaria para o marido preso.

São José dos Campos

No CDP de São José dos Campos, por volta das 10h30min, uma mulher de 36 anos pretendia visitar o companheiro detido levando maconha. A visitante escondeu entre as fatias de pão de forma cerca de 55 gramas da droga.

São Vicente

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que apreendeu com 3 visitantes bebida alcoólica e objetos não permitidos na Penitenciária 2 de São Vicente, neste domingo, dia 4.

Às 11h20min, uma mulher de 33 anos tentou entrar na unidade com uma garrafa de plástico contendo vodca. A intenção era passar o objeto como se fosse garrafa de água, porém, o agente penitenciário percebeu o cheiro de álcool e questionou a visitante a respeito, que acabou por admitir a infração.

Logo em seguida, outra visitante, uma mulher de 25 anos, tentou entrar com uma peça de roupa a mais. Ela vestia por baixo da vestimenta uma bermuda fora do padrão da SAP e, após ser questionada, afirmou que entregaria o item de roupa ao companheiro preso.

Ainda no período da manhã, a irmã de um preso, uma jovem de 23 anos, também foi surpreendida com uma peça de roupa excedente. Ela pretendia entrar na penitenciária com uma camiseta fora do padrão SAP por baixo dos trajes que vestia. A visitante admitiu que iria entregar a camisa, tipo polo, ao irmão.

Sorocaba

No último domingo (4), às 9 horas, uma mulher foi flagrada tentando entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba com, aproximadamente, 115 gramas de maconha escondidas no top. O flagrante aconteceu durante o procedimento de revista, momento em que a suspeita passava pelo scanner corporal.

A visitante R.V. dos S., de 19 anos, confessou para os agentes que ela havia escondido a droga com o objetivo de entregar ao companheiro, que está detido. A mulher foi encaminhada a um local adequado para a retirada da peça, onde agentes femininas descosturam a roupa e encontraram a substância. R.V. dos S. foi levada ao Plantão Policial da Zona Norte, onde permanece à disposição da Justiça.

Na unidade foi instaurado procedimento disciplinar e o preso foi isolado preventivamente. A SAP suspende do rol de visitas, pessoas que são flagradas tentando entrar nas unidades com materiais proibidos.

Bauru

Na sexta-feira (2), funcionários do Centro de Detenção Provisória (CDP) ”ASP Francisco Carlos Caneschi” de Bauru interceptaram maços de cigarro contendo maconha enviados via correspondência. O material, que seria destinado à um detento, foi enviado pelo seu pai.

Já no domingo (4), uma mulher, esposa de detento, foi impedida de entrar no presídio por carregar no corpo um aparelho celular escondido.

O fato ocorreu às 7h30, quando o scanner corporal detectou objeto desconhecido na região vaginal. A mulher foi questionada pelas funcionárias e acabou confessando que escondia um invólucro emborrachado contendo um celular de aproximadamente 5 centímetros em suas partes íntimas. Ela foi encaminhada à uma sala separada e retirou o aparelho de forma voluntária.

Marília

Flagrante ocorreu às 7h45 na Penitenciária de Marília. Esposa de sentenciado foi barrada de entrar na penitenciária depois de passar pelo aparelho de scanner corporal, que detectou um objeto desconhecido em suas vestes. A mulher foi questionada por uma funcionária e encaminhada à uma sala reservada, onde acabou entregando um pacote com aproximadamente 147,38 gramas de maconha e 79,85 gramas de cocaína.

De acordo com a visitante, o material seria entregue ao seu esposo.

Itirapina

No último sábado (3), uma mulher foi flagrada na Penitenciária “João Batista de Arruda Sampaio”, em Itirapina, durante o procedimento de revista, com uma placa de micro aparelho celular. Imagens alteradas, do scanneador corporal, levantaram suspeitas dos agentes, que questionaram a suspeita. A mulher imediatamente confessou que pretendia entregar o material apreendido ao seu companheiro, detido na unidade. No domingo (4), a mãe de outro detento foi surpreendida, também, pelo body scanner, com um micro aparelho celular. As duas mulheres e os eletrônicos foram conduzidos ao plantão policial e os presos foram isolados preventivamente, para medida disciplinar. A SAP suspende temporariamente pessoas flagradas tentando entrar nas unidades prisionais com materiais proibidos.

Capela do Alto

No final de semana (3), houve cinco apreensões na Penitenciária de Capela do Alto. O primeiro flagrante ocorreu no sábado (3), por volta das 11h30. Durante o procedimento de revista, um mini aparelho celular foi detectado pelo scanner corporal, dentro da vagina da visitante C.S.O, que pretendia visitar o seu companheiro, A.C.S.

Os outros flagrantes aconteceram no domingo (4). Segundo informações da unidade prisional, quatro mulheres foram flagradas com celulares escondidos na vagina e uma delas além do aparelho, carregava um pedaço de estanho. As visitantes e os objetos foram conduzidos ao plantão policial para as providências da Justiça e os presos isolados, para procedimento disciplinar. A SAP informa que os visitantes flagrados com materiais proibidos, são suspensos temporariamente do rol de visitas do sistema prisional.

Andradina

No domingo, 4, visitante da Penitenciária de Andradina foi flagrada com algo estranho na altura da sua genitália ao ser submetida a revista pelo equipamento scanner corporal, que posteriormente revelou-se ser um volume contendo maconha. A Polícia Militar foi acionada, sendo a visitante conduzida a Delegacia de Polícia onde foi presa em flagrante.

Irapuru

Na Penitenciária de Irapuru, no sábado, 3, companheira de sentenciado foi surpreendida no momento da revista do "jumbo", portanto um aparelho de telefonia celular solto no interior de uma bolsa plástica.

Junqueirópolis

Foram duas apreensões no fim de semana em na Penitenciária de Junqueirópolis. No sábado, 3, visitante cadastrada como companheira de sentenciado foi flagrada durante revista com body scanner. Servidores detectaram escondida em uma costura na barra da calça a presença de uma porção de cocaína. Já no domingo, 4, ao efetuarem a revista dos alimentos trazidos por outra companheira de outro sentenciado, os servidores encontraram 78 comprimidos de estimulante sexual e três Chips para telefone celular escondidos na costura de sua sacola.

Lavínia

No último sábado, 3, duas visitantes, companheiras de presos da unidade, foram flagradas na Penitenciária II "Luis Aparecido Fernandes" de Lavínia com invólucros contendo uma placa de aparelho telefônico micro-celular cada uma. Nos dois casos, os ilícitos estavam ocultos no genitais. No domingo, 4, na Penitenciária III "ASP Paulo Guimarães" de Lavínia, outras duas companheiras de outros dois sentenciados da unidade também foram flagradas tentando entrar com aparelhos celulares ocultos nos genitais.

Martinópolis

Na Penitenciária "Tacyan Menezes de Lucena" de Martinópolis, mãe de sentenciado da unidade, tentou ingressar na unidade portando um invólucro, introduzido em sua genitália, contendo dois micros aparelhos de telefonia celular. O fato aconteceu no sábado, 3.

Mirandópolis

Na Penitenciária I "Nestor Canoa" de Mirandópolis, no sábado, 3, durante o procedimento de revista através do aparelho “Body Scanner”, verificou-se que havia certo objeto na parte interna do corpo de visitante, companheira de sentenciado da unidade. Diante disso, após a solicitação da presença de policiais militares, a visitante foi devidamente encaminhada ao Hospital Estadual de Mirandópolis - HEM, onde foi submetida a exame de Raio X, quando então comprovou-se que havia um objeto introduzido em seu órgão genital, que foi retirado pela própria. Na sequência, a visitante foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Mirandópolis/SP, onde foi lavrado ao Boletim de Ocorrência 146/2018, e constatou-se que no interior do invólucro havia aproximadamente 104 gramas de cocaína. No mesmo dia, durante o procedimento de revista no aparelho de Raio X, foi encontrado dentro de um pacote de salgadinho 50 unidades de comprimidos de cor azul. Os objetos pertenciam a outra visitante, esposa de outro sentenciado.

Pacaembu

Na Penitenciária "Ozias Lúcio dos Santos" de Pacaembu, foram três ocorrências no fim de semana, sendo duas no sábado, 3, e uma no domingo, 4. No sábado, duas companheiras de presos da unidade foram flagradas com invólucros ocultos no genitais contendo cocaína. Nos dois casos, a descoberta foi feita graças ao aparelho de scanner corporal.

Já no domingo, outra companheira de preso da unidade também foi flagrada durante revista com uso do scanner corporal, tentando entrar com um aparelho de telefonia celular, um chip e um conector para carregar o celular. O ilícito estava envolto em papel alumínio, papel carbono e borracha (câmara de ar), fixado com fita adesiva entre as suas pernas, próximo ao seu órgão genital.

Presidente Bernardes

Na Penitenciária "Silvio Yoshihiko Hinohara" de Presidente Bernardes, no último sábado, 3, durante o procedimento de revista dos pertences trazidos visitante, irmã de sentenciado da unidade, os agentes encontraram dentro de uma sacola, um carregador de celular.

Presidente Venceslau

Na Penitenciária II "Maurício Henrique Guimarães Pereira" de Presidente Venceslau, quatro visitantes foram flagradas tentando entrar com ilícitos no último fim de semana, sendo três no sábado, 3, e uma no domingo, 4. Todas eram companheiras de presos da unidade. Todas foram flagradas pelo scanner corporal, sendo que duas com invólucros ocultos no genitais contendo: cocaína e maconha, respectivamente. Outra trazia manuscritos, impressos, fotos, contas bancárias e baralhos escondidos em suas peças de roupa íntima (calcinha e top). A que foi surpreendida no domingo estava com um invólucro contendo nove cartões de memória escondidos em suas peças de roupa íntima (top).

Tupi Paulista

Na Penitenciária de Tupi Paulista, no último domingo, 4, agentes encontraram maconha escondida em arroz trazido por visitante, companheira de preso da unidade.

Valparaíso

Na Penitenciária de Valparaíso, no domingo, 4, duas visitantes, companheiras de sentenciados da unidade, foram flagradas durante procedimento de revista pelo aparelho de scanner corporal com ilícitos ocultos no genitais, sendo que uma estava em posse de um aparelho celular e a outra, ocultava invólucro contendo maconha.

aasassa
Topo