Texto normalContraste normalAumentar contrasteAumentar textoDiminuir texto Ir para o conteúdo

03/07/24 | Augusto Biason - CRSC  |  Compartilhe Facebook      Twitter      Whatsapp      Linkedin      Enviar por e-mail

CAEF São Paulo participa de ação de empregabilidade para promover reintegração de egressos do sistema prisional

Evento facilita acesso ao mercado de trabalho para grupos vulneráveis

No dia 3 de junho, a Central de Atenção à Pessoa Egressa e Família (CAEF) de São Paulo, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, realizou uma ação de empregabilidade para facilitar a inclusão no mercado de trabalho de egressos do sistema prisional.

A iniciativa, viabilizada pelo Grupo de Capacitação, Aperfeiçoamento e Empregabilidade (GCAE) e Departamento de Atenção à Pessoa Egressa e Família (DAEF), da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania (CRSC), teve como objetivo oferecer oportunidades de emprego e orientação profissional a grupos vulneráveis.

Além das pessoas egressas cadastrados nas CAEFs, o público-alvo da campanha foi formado por jovens em pós medida socioeducativa, pessoas com deficiência, indivíduos com mais de 50 anos, mulheres vítimas de violência e pessoas da comunidade LGBTQIA+.

“É por meio destas parcerias que obtemos oportunidades de emprego e capacitação profissional, que se constrói um caminho de oportunidades que permite às pessoas egressas, transformarem suas vidas e contribuírem ativamente para a sociedade”, ressaltou a Diretora Regional Metropolitana do DAEF, Heloyse Abrão.

Para o Diretor do GCAE, Diego Ferracini Lacerda, o objetivo principal da ação é “auxiliar no processo de transformação através da geração de renda e inclusão no mercado de trabalho." Ele explicou que, em tais ações, as pessoas egressas recebem orientação e apoio, por meio de iniciativas de intermediação de mão de obra e qualificação profissional.

Além disso, Diego salientou que a iniciativa “contribui ativamente na diminuição dos índices de reincidência criminal, além de ser parte do processo de reintegração social previsto pela Lei de Execução Penal”.

A programação incluiu uma palestra sobre empregabilidade, abordando temas como a elaboração de currículos, descrição de habilidades para potenciais empregadores e comportamentos recomendados durante entrevistas de emprego. Além disso, os participantes foram apresentados aos serviços prestados pelas CAEFs.

A Diretora do DAEF, Yara Toscano, destacou que, além da inclusão no mercado de trabalho, “a iniciativa objetiva a integralidade no atendimento, aproximando as pessoas egressas às CAEFs para acessar toda nossa carta de serviço”.

Entre os serviços mencionados por ela, estão acolhida, mapeamento de demandas diversas, encaminhamentos aos serviços de saúde, educação e assistência, além de orientações e regularizações jurídicas e inscrição na política pública de trabalho Pró-Egresso.

Após a palestra, os candidatos foram acompanhados até o local onde ocorreu o processo seletivo. Durante o evento, realizado no Edifício Cidade I do Governo do Estado, 25 pessoas foram encaminhadas para as vagas de emprego disponíveis.

A ação de empregabilidade reforça o compromisso da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), por meio da CRSC, em promover políticas públicas voltadas a reintegração social e profissional de grupos vulneráveis.

aasassa
Topo