Notícias

03/04/12 | Equipe de Comunicação - CRSC

SAP inaugura Unidade de Atendimento de Reintegração Social em Pedregulho

Unidade atende egressos do sistema prisional e apenados a prestação de serviços à comunidade, além de cadastrar estes usuários e seus familiares no "Pró-Egresso"

Clique para ver mais fotos

Clique para ver mais

Na nova unidade são oferecidos os programas de Penas e Medidas Alternativas, Atenção ao Egresso e Família, Pró-egresso e outros projetos sociais

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), por meio da Coordenadoria de Reintegração Social e Cidadania (CRSC), em parceria com a Prefeitura Municipal de Pedregulho (455 km de São Paulo), inauguraram no dia 29/3 às 17h, a Unidade de Atendimento de Reintegração Social no município.

Estiveram presentes na tribuna da solenidade o Prefeito Municipal, Dirceu Polo; o Secretário de Estado da Administração Penitenciária, Lourival Gomes; Mauro Rogério Bitencourt, Coordenador de Reintegração Social e Cidadania da SAP; Fábio José Branquinho, Delegado de Polícia de Pedregulho; Major Silvana, da Polícia Militar de Franca; Sub Tenente Humberto, da Polícia Militar de Pedregulho; os vereadores de Pedregulho Adolfo Nogueira, Odilon Bernardes e José Raimundo de Almeida Jr., além do Pároco local, Padre Fabiano.

O projeto da SAP de expansão de unidades de reintegração social vem alcançando o objetivo proposto, graças ao grande envolvimento e empenho das prefeituras municipais, do poder judiciário e da sociedade. A nova unidade é a 45° no Estado. No local, são oferecidos os programas de Penas e Medidas Alternativas (Prestação de Serviço à Comunidade), Atenção ao Egresso e Família, Pró-egresso e outros projetos sociais destinados ao público que receberá atendimento.

O Programa de Penas e Medidas Alternativas teve início em 1997 e até hoje, mais de 88 mil pessoas que cometeram delitos de baixo potencial ofensivo tiveram uma segunda chance. Os beneficiados com o programa utilizam suas habilidades e conhecimentos, em instituições locais, para pagar sua dívida com a justiça e com a sociedade, ao invés de irem para a prisão, mantendo assim o vínculo familiar e social. O índice de reincidência observado no programa é de apenas 5,7% e o custo por apenado é em média de R$ 22,90.

Já o "Programa de Atenção ao Egresso e Família", atendeu desde 2003, mais de 116 mil egressos e 22 mil familiares. Entre os egressos, mais de oito mil foram inclusos em cursos de capacitação e sete mil conseguiram inserção no mercado de trabalho.

O Programa "Pró-Egresso", parceria entre SAP, SDECT (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e tecnologia) e Sert (Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho), busca gerar oportunidades para o público atendido, tanto para capacitação profissional quanto para inserção no mercado de trabalho.

A união de esforços e a criação desses mecanismos visam combater todas as possibilidades de que os usuários dos programas voltem a delinquir em decorrência da falta de oportunidades e do preconceito.

Serviço:

Unidade de Reintegração Social
Rua: Coronel André Vilela n° 28, Centro Pedregulho – SP
Inaugurada em 29/3 de 2012 às 17h
Mais informações: http://www.reintegracaosocial.sp.gov.br/noticia.php?noticia=153
Equipe de Comunicação - CRSC
(11) 3101-7703 ramal 132