Volta para página inicial mande um e-mail para a SAP obtenha mais informações técnicas sobre o site

Página Principal

Conheça a SAP

Dirigentes

Estrutura Básica

Coordenadorias

Unidades Prisionais

Corregedoria

Ouvidoria

Escola (EAP)

Órgãos Vinculados

Penas Alternativas

Tecnologia (DTI)

Editais

Estatísticas

Imprensa

Reportagens Especiais

Notícias SAP

Entrevista do Mês

Clipping

Links

Fale com a SAP

 
Clique aqui para acessar
Clique aqui para acessar

Clique aqui para acessar a Fundação Vunesp

Este Website utiliza recursos Macromedia® Flash®

 

Unidades femininas comemoram
Dia das Mães no Estado

Eventos especiais foram realizados em São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto

 

Thobias da Vai-Vai cantou para as presas do CAHMP em homenagem ao dia das mães


(clique aqui e confira as imagens)

CAHMP teve muito samba e homenagens

 

As internas do Centro de Atendimento Hospitalar à Mulher Presa (CAHMP) ganharam um show com os cantores Thobias da Vai-Vai e Elizeth Rosa, em homenagem ao dia das mães na última quarta-feira (7/5). O dia foi todo de festividades para as presas que estão na unidade prisional acompanhando seus bebês, durante o período de amamentação. O evento teve como objetivo dar orientações de saúde e prevenção de doenças, dicas de cuidados que se deve ter com as crianças, além – é claro – de divertir e comemorar o dia das mães.

Pela manhã houve um culto de louvor celebrado por membros da igreja Primitiva dos Atos dos Apóstolos, que mantém um coral formado pelas internas da unidade, ensaiado pela voluntária Jaqueline de Souza Aquino. Um dia antes, o médico e doutor em ciências, Marcelo Gennari, que é ginecologista e mastologista, fez uma palestra voltada à saúde da mulher. No final ele doou e autografou seu livro – escrito em parceria com o também médico José Aristodemo Pinotti, a todas mulheres presentes.

O cantor, compositor e intérprete de sambas-enredo, Thobias chegou na unidade por volta das 15h e fez um show de aproximadamente meia hora para uma platéia que cantou e dançou com o artista. Sua esposa e também cantora Elizeth Rosa apresentou as músicas de seu novo CD e quando Thobias subiu ao palco ela desceu para a platéia e acompanhou o show sambando junto com as presas que faziam coro a cada música executada. “São todas mães e, independente do que fizeram, têm a responsabilidade de cuidar dessas crianças, por isso tento passar a elas minha energia positiva”, declarou a cantora.

À frente da unidade há três meses, a diretora Ivani Bonini é uma entusiasta de eventos culturais que tragam agregados, mensagens de bem-estar para as internas. “Não basta que propiciemos somente o que determina a Lei. Temos de de ir além, pois essas mulheres têm uma responsabilidade a mais com os bebês, enquanto estão sob a custódia do Estado”, explica Bonini. “Penso que temos uma responsabilidade dobrada porque o bebê não está preso e deve ter seus direitos preservados”, diz. “Esse tipo de evento dá um subsídio na forma de convivência mãe e filho, pois faz com que elas reflitam sob a ótica da maternidade e estar no cárcere”, completa.

A estrutura do Centro Hospitalar é composta por pediatras, ginecologistas, médicos de clínica geral, psicólogos, nutricionista, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, além de pessoal administrativo e de segurança. Um ponto a ser destacado é alimentação dos bebês, que é prescrita a critério médico e preparada pela própria mãe, em um espaço reservado para esse fim. “Isso contribui para aumentar ainda mais os laços entre mãe e bebê, nesse período”, diz Bonini.

A Lei de Execuções Penais (LEP) determina que a mãe permaneça com o bebê por quatro meses, durante o período de amamentação. Para ocupar o tempo ocioso, como o horário em que os bebês estão dormindo, por exemplo, a Fundação de Amparo ao Preso (Funap) desenvolve uma oficina de biscuit, que são confeccionados com material fornecido pela fundação. “Esse trabalho melhora a auto-estima e oferece uma oportunidade de confraternização entre as presas, além de ensinar um ofício que pode ajudar na complementação da renda, quando saírem da prisão”, destaca a Diretora Executiva da Funap, Lucia Maria Casali de Oliveira.

Além de não cobrarem cachê pelo show, os cantores Thobias da Vai-vai e Elizeth Rosa presentearam mamães e bebês com lembranças que recolheram junto à comunidade da escola de samba Vai-Vai. Cobertores, roupas, mamadeiras e brinquedos faziam parte dos presentes doados pelos artistas. “Quando o show foi confirmado nós mesmos nos encarregamos de recolher donativos”, conta Thobias.

 

Feminina Campinas lembrou das mamães em dia de festa

No domingo (11/5) foi a vez das reeducandas da Penitenciária Feminina de Campinas fazerem uma festa para comemorar Dia das Mães. As presas enfeitaram o pátio e as celas com bexigas e desenhos. Para isso contaram com a colaboração da diretoria da unidade na organização e com entidades religiosas que doaram bolo, refrigerante, algodão doce, cachorro quente e rosas, que foram ofertadas às mães. “As reeducandas, junto com os seus familiares, tiveram um dia especialmente alegre e desfrutaram de momentos agradáveis, que reforçam os laços afetivos e auxiliam no processo de ressocialização”, declarou o diretor Aroldo Fernando Costa.

Pela manhã, diretoria e servidores da penitenciária se reuniram para um café da manhã especial servido na unidade.

 

Dança e atividades esportivas na Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto

Na Penitenciária Feminina de Ribeirão Preto foram programadas diversas atividades durante o fim de semana para comemorar o Dia das Mães. No sábado pela manhã houve uma partida de voleibol entre as reeducandas mães, contra as não mães.

À tarde, a Companhia de Dança de Rua de Ribeirão Preto fez uma apresentação especial e no domingo o coral formado pelas presas da unidade se apresentou para as internas e seus visitantes; ainda fez parte das comemorações, uma tarde de poesias declamadas pelas internas e a entrega de lembrancinhas que as reeducandas confeccionaram para as mães. Elas também prepararam um bolo que foi servido a todas as sentenciadas e visitantes.

 

Dia das Mães poético no CRF São José do Rio Preto

O Centro de Ressocialização Feminino de São José do Rio Preto preparou uma programação especial para comemorar a data. Na terça-feira (6/5) foi celebrada uma missa com a participação de funcionários e reeducandas; sexta-feira (9/5) as internas apresentaram poesias de composição própria e receberam lembrancinhas alusivas ao Dia das Mães.

No domingo, em companhia de seus familiares, as presas reapresentaram as poesias e foram homenageadas com cartões que continham mensagens alusivas à data. As crianças se divertiram fazendo pinturas e desenhos com o tema “mãe”.

 

Assessoria de Imprensa - SAP

 Notícia postada em: 13/05/08

Secretaria da Administração Penitenciária

Governo do Estado de São Paulo